A Hydro Z apresenta três novas válvulas de retenção ao mercado, o que torna sua linha de soluções hidráulicas ainda mais completa. Esse novo conjunto é composto por: Válvula de Retenção Vertical, Horizontal e Fundo.

Esses três componentes são de fundamental importância em uma instalação hidráulica, pois têm como principal objetivo evitar o contra fluxo de água na tubulação.

Apesar da finalidade em comum, cada válvula tem aplicação específica. A Válvula Vertical é instalada em fluxos ascendentes, nesse caso, o fluxo abre o obturador, que se fecha automaticamente quando há tendência de refluxo. Já a Horizontal, direciona o fluxo e fecha ao sentir variações de pressão. E a Válvula Fundo, por sua vez, é colocada em sentido vertical no fundo do tanque de armazenamento ou poço, e quando acionada, mantém o obturador suspenso permitindo a passagem dos fluidos. Esse último componente conta com grade de proteção, que impede a entrada de materiais grosseiros na linha hidráulica.

Fabricadas em bronze e disponíveis nos diâmetros de 1.1/2” a 4”, se diferencia pelo excelente desempenho hidráulico, design inovador, e acabamento.

A apresentação do produto é tão importante quanto sua funcionalidade, explica o diretor executivo da Hydro Z, Paulo Rogério Fernandez. “Durante o desenvolvimento, planejamos a linha de produtos de forma que, após instalados, resultassem em uma experiência visual agradável, tanto para quem instala como para quem recebe as instalações e irá lidar com elas ao longo do tempo.”

As válvulas de retenção são empregadas em diversos tipos de instalação, entre elas, de combate a incêndio. Neste caso em particular, a Hydro Z disponibiliza um sistema hidráulico completo para essas instalações com uma série de outros produtos, que inclui: Tubos, Conexões, Válvula Hidrante, Adaptadores, Tampões, Chave Storz, Esguichos, entre outras.

Conheça mais sobre esse lançamento e os demais produtos através do site Hydro Z


O LEED – Leadership in Energy and Environmental Design (“Liderança em Energia e Design Ambiental”) é uma certificação internacional para construções, que tem como objetivo incentivar os projetos, obras e operações das construções a atuarem com foco na sustentabilidade.

Utilizada em mais de 140 países, essa certificação proporciona grandes benefícios, como: diminuição de custos da operação, redução do consumo de água e energia, valorização do imóvel, modernização da edificação, conscientização de trabalhadores e usuários, incentivo a fornecedores, aumento do bem estar, uso racional de recursos, entre outros.

A LEED está dividida em oito grupos: Novas Construções e Grandes Reformas, Construções Existentes – Operação e Manutenção, Interiores Comerciais, Envoltória e Estrutura Principal, Lojas de Varejo, Escolas, Desenvolvimento de Bairros, e Hospitais.. Cada uma dessas categorias conta com critérios próprios para atender de forma flexível os diferentes tipos de construções e negócios que desejam se certificar.

Ao todo, serão avaliados aspectos relacionados aos sete critérios: Espaço Sustentável; Eficiência do Uso da Água, que busca o uso racional e redução do consumo de água; Energia e Atmosfera, que procura a redução do consumo de energia; Materiais e Recursos; Qualidade Ambiental Interna; Inovação e Processos; e Créditos de Prioridade Regional, que trata de questões ambientais, sociais e econômicas definidas como prioridade por cada país.

Diversas características relacionadas aos critérios são avaliadas, como por exemplo: redução do uso de carros durante a construção, utilização de janelas que facilitam a iluminação natural, uso de águas pluviais e reaproveitamento de água, coleta seletiva, utilização de materiais de baixo impacto ambiental, redução do consumo de energia, tratamento de efluentes, entre outras.

Durante a avaliação, o sistema atribui pontos de acordo com as características do empreendimento, e ao término da construção, é determinado qual o nível de certificação: Silver, Gold ou Platinum.

A Hydro Z disponibiliza diversos equipamentos que, além de proporcionarem proteção ambiental através do tratamento adequado de efluentes e economia com o reúso de água, também ajudam na obtenção pontos para a conquista do Certificado Internacional LEED. Entre essas soluções, estão: a Estação de Tratamento de Esgotos; o Oil-less, sistema separador de água e óleo; o Biorreator, sistema Fossa séptica + Filtro Anaeróbio; o Sistema Pluvi, para aproveitamento de águas pluviais; entre outros.

Além de equipamentos que auxiliam a obtenção da certificação LEED, a Hydro Z também conta com profissionais treinados para oferecer suporte e auxílio aos clientes sobre os aspectos necessários para obtenção da certificação LEED.


Equipamento Hydro Z começa a ser utilizado em mais um país da América Latina
O Sistema Pluvi, equipamento para captação e aproveitamento de águas pluviais, fabricado pela Hydro Z, chega a um novo país na América Latina: Uruguai. Um representante Hydro Z no país adquiriu o equipamento para o aproveitamento da água da chuva em atividades que não necessitam de água potável.

O sistema permite armazenamento, filtragem, e desinfecção da água das chuvas, garantindo que a água esteja em qualidade adequada para o uso em diversas aplicações no dia a dia após o tratamento. Por ser um equipamento Plug & Play, com fácil instalação e limpeza, pode ser facilmente aplicado em construções novas ou já existentes.

Por ser uma solução econômica, que proporciona grande redução no consumo de água potável, o Pluvi tem sido muito utilizado em todo o mundo. O sistema começou sua comercialização internacional no ano de 2011, quando as primeiras unidades foram vendidas para a Malásia. Clique aqui e confira matéria completa.

No mês passado, a Hydro Z também publicou no seu blog uma matéria sobre os Estados Brasileiros que aprovaram leis que obrigam estabelecimentos a utilizarem água pluvial em atividades diárias. Confira a matéria completa aqui.

“A conscientização sobre o consumo racional de água já é uma realidade em todo o mundo. Diversos países receberam muito bem a solução da Hydro Z por ser muito prática, e proporcionar grande economia”, afirmou Paulo Rogério Fernandez, Diretor Executivo do Grupo Zeppini.

Para mais informações sobre este equipamento, entre em contato com a equipe de vendas Hydro Z.


Hoje, dia 05 de Junho de 2013, é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente, estabelecido em 1972 pela Assembleia Geral das ONU, no dia da abertura da Conferência de Estocolmo. Este ano, o tema escolhido para as comemorações é “Pensar.Comer.Conservar – Diga não ao Desperdício”, e o país sede das comemorações é a Mongólia, que vem modificando a sua economia, tornando-a uma “Economia Verde”, e promovendo a consciência ambiental entre os jovens.

A campanha deste ano pretende conscientizar a população ao não desperdício de alimentos. Segundo a Organização da Agricultura e Alimentação das Nações Unidas, cerca de 1/3 do volume total de alimento produzido é desperdiçado, chegando à aproximadamente 1.3 bilhões de toneladas ao ano. Enquanto isso, atualmente, uma em cada sete pessoas vai dormir com fome, e mais de 20.000 crianças menores de 5 anos morrem diariamente de fome no mundo.

A produção global de alimentos ocupa 25% do terreno no mundo e é responsável por 70% do consumo de água doce, 80% do desmatamento e 30% das emissões de gases de efeito estufa. Consequentemente, a redução do desperdício de alimentos irá gerar economia de água, espaço e emissões.

O Dia Mundial do Ambiente é comemorado de diversas formas em todo o mundo: manifestações, festas temáticas, desfiles, concursos, ações relacionadas à plantação e reciclagem, entre outros. Este ano, vários países já cadastraram as suas atividades no website do evento.

Na África, na Universidade de Kinshasa, será ministrada pelo PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) uma palestra sobre o impacto do desperdício de alimentos no meio ambiente. No Oriente Médio, na Universidade de Cabul localizada no Afeganistão, será realizado o workshop Desenvolvimento Sustentável, e os temas abordados serão: Gestão de Resíduos, Saneamento, Redução de CO² e de reciclagem. Em Portland, Oregon, nos Estados Unidos, uma série de eventos públicos serão realizados, como: exposição de pinturas e oficina ambiental. E no Brasil, o Ministério do Meio Ambiente elaborou um folheto para conscientizar as pessoas sobre os hábitos de consumo e também os 3Rs (Reduzir, Reutilizar e Reciclar).

Em 2009, o evento teve o tema “Seu planeta precisa de você – União para combater as mudanças climáticas”; em 2010, foi “Muitas espécies, um planeta, um futuro“; em 2011, “Florestas – A natureza ao seu serviço”; e em 2012, “Economia verde”.

Diversas celebridades participaram da divulgação da data esse ano, incluindo a modelo brasileira Gisele Bundchen e os atores americanos Ian Sommerhalder e Don Cheadle.

Comemore esse dia e ajude a preservar o meio ambiente!

*Informações retiradas do site PNUMA e UNEP.


Método de pagamento oferece diversas vantagens que facilitam a compra dos produtos Hydro Z

O cartão BNDES, uma iniciativa do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, é uma linha de crédito para negócios, que visa financiar em longo prazo e de forma facilitada investimentos de micros, pequenas e médias empresas.

Entre os principais benefícios do cartão, estão: o limite de crédito, que pode chegar a R$ 1 milhão por cartão e por banco emissor, sendo que, a empresa pode ter até cinco cartões, e o extenso prazo para financiamento, podendo ser de 3 a 48 meses. O BNDES também oferece outros dois grandes benefícios: crédito pré-aprovado e a taxa de juros, que é uma das mais baixas do mercado.

Através do cartão, os donos de estabelecimentos podem realizar a aquisição de toda a linha de produtos Hydro Z, incluindo os mais recentes lançamentos, como: Estação de Tratamento de Esgotos, sistema separador de água e óleo – Oil-less, sistema Fossa séptica + Filtro Anaeróbio – Biorreator, sistema para aproveitamento de águas pluviais – Pluvi, entre outros.

Desta forma, os proprietários que desejam integrar soluções para tratamento de água em seus empreendimentos têm maior facilidade de realizar o investimento, permitindo que os recursos do proprietário sejam destinados ao capital de giro da empresa.

A Hydro Z preparou um guia rápido de como retirar seu cartão BNDES. O procedimento é muito fácil de ser realizado, e caso haja alguma dúvida, entre em contato com o help desk da empresa, que irá auxiliá-lo. Clique aqui para acessar o guia.


O veículo BN Americas divulgou no último dia 25 de Abril a notícia “Over 40mn people without water in Brazil (Mais de 40 milhões de pessoas sem água no Brasil)” e a entrevista com Gilson Queiroz, Presidente da Funasa, sobre o aumento do número de pessoas no Brasil que não tem acesso à água potável.

A notícia destacou que aproximadamente 30% da população de áreas rurais (21 milhões de pessoas) e 90% da população urbana (pouco mais de 19 milhões de pessoas) não tem nenhum acesso à água tratada, totalizando mais de 40 milhões sem acesso à água potável. As regiões que mais sofrem com a escassez no país são: a nordeste, devido a distância das principais fontes de água, e a região amazônica, pela baixa qualidade da água.

Outro ponto preocupante, informado por Gilson Queiroz, foi a disponibilidade de rede pública de coleta e tratamento de esgotos. Em áreas urbanas, apenas 46% da população conta com rede de coleta, e em áreas rurais, os números são ainda piores, chegando a apenas 38% da população, segundo dados da ONG Instituto Trata Brasil.

Desenvolvedora de soluções para consumo consciente de água, a Hydro Z disponibiliza equipamentos diretamente relacionados aos pontos levantados por Gilson Queiroz na entrevista. Para tratamento sanitário, está disponível o Biorreator, um sistema fossa séptica + filtro anaeróbio, dispostos em único equipamento, que entre os principais diferenciais, estão: a qualidade proporcionada no tratamento e a fácil instalação e manutenção, por se tratar de um equipamento modular.

Também para tratamento sanitário, está disponível a Estação de Tratamento de Esgotos, para populações de 50 a 800 pessoas, que realiza o tratamento do efluente e oferece a mesma praticidade citada anteriormente. Confira mais informações sobre esse equipamento em: blog.hydroz.com.br/?p=315

Além dos sistemas para tratamento sanitário, que realizam o tratamento com alto nível de eficiência e contribuem para a melhoria da higiene e saúde pública em geral, a Hydro Z disponibiliza o Sistema Pluvi, que permite aproveitamento de água da chuva em atividades do dia a dia, após três etapas de tratamento, que inclui: gradeamento, filtragem e desinfecção. O equipamento é totalmente plug&play, permitindo fácil instalação.

Para mais detalhes sobre essas e outras soluções para tratamento e consumo consciente de água, acesse o site www.hydroz.com.br/tecnologia.

*Informações obtidas nos seguintes meios: BN Americas, Funasa, e Instituto Trata Brasil.


As empresas do Grupo Zeppini, incluindo a Hydro Z, receberam na semana passada o Certificado de Responsabilidade Social, concedido pela empresa Sodiprom – Centro de Formação de Aprendizes de Diadema –, como reconhecimento por ter aprendizes no seu quadro de colaboradores.

Há mais de 40 anos, com apoio do Rotary Clube, a Sodiprom se dedica à qualificação profissional dos jovens do município, capacitando-os para o mercado de trabalho. Um dos principais objetivos do programa é tornar o aprendiz em um profissional de destaque para o mercado. A cada semestre, 256 adolescentes recebem atendimento e capacitação para desenvolvimento pessoal e profissional. Atualmente, aproximadamente 100 empresas da região têm parceria com o Centro.

“É muito gratificante dar oportunidade para esses jovens, ficamos felizes em ver que alguns deles começaram suas carreiras no Grupo Zeppini em 2009, e até hoje seguem conosco já como profissionais. Esperamos poder ampliar nosso programa e continuar contribuindo com o crescimento profissional deles”, disse Paulo Rogério Fernandez, Diretor Executivo do Grupo Zeppini.

Buscando contribuir com o desenvolvimento social e inserção desses jovens no ambiente profissional, o Grupo Zeppini implementou em 2009 o Programa Jovem Aprendiz, que desde então já contratou mais de 50 aprendizes. Os jovens profissionais têm a oportunidade de se desenvolverem, trabalhando diretamente com atividades na área que desejam atuar, como por exemplo: TI, Comércio Exterior, RH, Vendas, entre outros. Após o término do período de contrato do programa, a empresa prioriza a efetivação do funcionário.

“Independente da trajetória, conosco ou não, o importante é que todos que por aqui passam encontram sua primeira oportunidade. Sem dúvida, eles fazem parte da nossa história e nós vamos fazer parte na deles também”, completou Paulo Rogério Fernandez.


Consciência para preservação de recursos hídricos motiva criação de leis para aproveitamento de águas pluviais

O aproveitamento de águas pluviais é uma maneira já conhecida para a preservação de recursos naturais e redução dos gastos com água. Acompanhando algumas expectativas da sociedade, o poder público começa a incentivar a prática do aproveitamento de águas das chuvas, inclusive com a criação de leis.

No Estado de Santa Catarina, de acordo com a Lei Estadual nº 5.722/2006, todos os edifícios de área superior a 600m² são obrigados a instalarem sistemas de aproveitamento de água da chuva. Na cidade de Vitória, a Lei nº 7073/2007 define que proprietários de imóveis têm de promover a sustentabilidade de recursos hídricos, incluindo captação de águas pluviais para reúso. Em São Paulo (Lei nº 13.276/02) e no Rio de Janeiro (Decreto nº 23.940/04), prédios maiores que 500m² são obrigados a realizar a captação, tratamento e reúso de água da chuva para evitar enchentes. E em Curitiba, existe o Programa de Conservação e Uso Racional da Água nas Edificações (Lei nº 10.785/03), que tem por objetivo a conscientização, conservação e uso racional da água, e a utilização de fontes alternativas para captar águas pluviais.

A Hydro Z, empresa líder no desenvolvimento e comercialização de tecnologias para tratamento de efluentes e consumo consciente de água, apresentou o sistema Pluvi em 2009, um equipamento que permite o aproveitamento de águas pluviais nas atividades diárias dos postos de combustíveis.

O equipamento realiza três etapas de tratamento, que incluem gradeamento, filtragem, para remover até os menores resíduos sólidos, e cloração, para eliminar germes e bactérias presentes na água, antes de disponibilizá-la para uso em atividades como lavagem de carros, de pista e áreas comuns, rega de áreas verdes, descarga em sanitários, entre outras.

O sistema Pluvi, da Hydro Z, é de fácil integração e muito simples de ser aplicado em construções novas ou já existentes. O Pluvi também dispensa a necessidade constate de limpeza e todo o processo ocorre automaticamente, não sendo necessário um operador para que o sistema funcione.

Confira a entrevista com o Sr. Carlos Alberto do posto D. Pedro, um dos usuários do sistema Pluvi: www.youtube.com/watch?v=-5NcZ2agVm8&list=UU2 WKwSJisQk6PtmTf09p1A&index=3

Essa solução já está sendo utilizada em todos os Estados brasileiros, em muitos dos mais de 80 países onde a empresa está presente. Para mais informações sobre o sistema, entre em contato com a equipe Hydro Z.


No dia 16 de Março, a Hydro Z encerrou sua quarta participação na Feicon, maior evento da América Latina do segmento de Construção Civil, que aconteceu entre os dias 12 e 16 de Março, em São Paulo. Durante o evento, a Hydro Z apresentou grandes novidades em sua linha de soluções para aproveitamento de fontes alternativas, tratamento e reúso de água, e na linha completa para instalações hidráulicas.

Preparamos uma síntese dos principais acontecimentos desse importante evento.

Lançamentos realizados durante o evento:
Para a linha hidráulica, a empresa realizou o lançamento de três novos componentes para utilização em sistemas de combate a incêndio: Engate Adaptador, que conecta a mangueira de incêndio à saída da Válvula Hidrante 45°; a Chave Storz, utilizada para conectar o engate adaptador à Válvula; e o Tampão, que protege o sistema de incêndio. Confira mais detalhes sobre esse lançamento em: hydroz.com.br/blog/?p=306

Outro lançamento realizado está relacionado à linha de produtos para tratamento de efluentes. Comemorando um ano de lançamento da Hydro City, cidade virtual da Hydro Z, a empresa apresentou novos vídeos explicativos sobre os mais recentes lançamentos: a Estação de Tratamento de Esgotos, para tratamento sanitário, e o Painel Smart Water, que facilita e automatiza o consumo de fontes alternativas de água. Confira mais detalhes em: hydroz.com.br/blog/?p=326

Soluções para tratamento sanitário foram principais alvos de interesse dos visitantes:
A Hydro Z recebeu muitos interessados nas mais diferentes soluções oferecidas durante a Feicon Batimat 2013, e entre os destaques principais estavam as soluções para tratamento sanitário: Biorreator, sistema que disponibiliza fossa séptica e filtro anaeróbio em um único componente, e Estação de Tratamento de Esgotos.

A Estação de Tratamento de Esgotos se destacou no estande da Hydro Z e no evento como um todo. Esse equipamento, já conhecido por muitos, atraiu a atenção de diversos visitantes. A Hydro Z preparou novidades e desenvolveu novos meios para que os visitantes pudessem conhecer melhor e com mais detalhes essa solução. Confira como a E.T.E. foi apresentada ao público em: hydroz.com.br/blog/?p=315

Perspectivas positivas:
Após o evento, toda a equipe Hydro Z demonstrou otimismo com o número de visitantes no estande e com as oportunidades geradas: ”Trabalhamos por alguns anos no desenvolvimento das soluções que estiveram em exposição durante o evento, e é recompensador ver o número de interessados nos equipamentos Hydro Z. O número de visitantes e consultas que recebemos demonstra que o mercado respondeu positivamente ao nosso trabalho”, afirmou Paulo Rogério Fernandez, Diretor Executivo do Grupo Zeppini.

Veículos de Comunicação:
Algumas revistas do segmento estiveram presentes no estande da Hydro Z para conferir nossas novidades em exposição. A Hydro Z teve a possibilidade de apresentar mais detalhes sobre a empresa e suas diversas soluções, da linha hidráulica e de saneamento ambiental, para editores e diretores de veículos de construção civil e saneamento, os quais devem publicar notícias sobre a Hydro Z nas próximas edições.

Não deixe de acompanhar a Hydro Z nas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades:
Blogblog.hydroz.com.br
Facebookwww.facebook.com/hydrozglobal
YouTubewww.youtube.com.br/hydrozglobal


Hoje, dia 22 de Março é celebrado o Dia Mundial da Água. A data, criada pela Assembleia Geral da ONU no dia 21 de Fevereiro de 1993, conta com temas anuais que são escolhidos para comemorar esse dia e conscientizar a população global sobre a importância do consumo consciente desse recurso.

Para comemorar o 20º ano do Dia Mundial da Água, o tema escolhido foi “Cooperação pela Água”, que tem como objetivo a conscientização sobre a importância, benefícios e desafios da cooperação pela água, como aumento da capacidade de conhecimento, desenvolvimento e ideias inovadoras, tornando a cooperação pela água uma prioridade em 2013.

Vários eventos no mundo todo vêm sendo realizados no mês de Março para apresentar os objetivos do tema deste ano. Um exemplo é a Caminhada pela Água, que teve início na Holanda e hoje é realizada em 11 países. Nela, crianças de 10 a 15 anos caminham seis quilômetros levando seis litros de água na mochila, com objetivo de representar crianças de alguns países em desenvolvimento que precisam percorrer essa distância para ter acesso à água potável.

No Brasil, em São Paulo, quem quiser saber mais sobre o tema, poderá participar do seminário: Segurança e Cooperação pela Água, que acontece no Anfiteatro Augusto Ruschi.

Fatos importantes:
A água ocupa 70% da superfície da Terra, sendo 97% de água salgada. Somente 0,01% da água doce está disponível para uso, porque os 2% restantes de água doce está em geleiras, icebergs e subsolos profundos, o que torna a água consumível escassa.

O Brasil tem 12% das reservas mundiais de água potável, o maior rio do mundo – o Amazonas, e o maior reservatório de água subterrânea – o Aquífero Guarani, porém, 58% dos municípios brasileiros ainda não contam com rede de distribuição e tratamento de água.

O consumo médio diário de uma residência é de 200 litros por pessoa, sendo que uma quantidade relevante dessa água é utilizada em atividades que não demandam o consumo de água potável, como descarga em sanitários e lavagem de pisos. Esse consumo é considerado alto pela ONU, o que indica a necessidade de conscientização e utilização de fontes alternativas.

O consumo mundial de água dobra a cada 20 anos, e a disponibilidade de água per capita no planeta já foi reduzida em 60% nos últimos 50 anos. Infelizmente, 40% da população mundial já enfrentam escassez desse recurso e 25% da população do planeta não tem nenhum acesso à água potável, incluindo em grandes países.

*www.unwater.org/water-cooperation-2013/home/en/